GARTNER HYPER CYCLE


Entre as tecnoGraficologias do futuro trazido para transformar as empresas, a Gartner identifica as de dados e in-memory como as maiores. E os objetos conectados, impressão 3D e software de processamento de linguagem natural.

 

Gartner  já entregou o seu relatório anual sobre o tradicional “Hype Cycle” (tendências ciclo). Esta publicação considera a medida em que a tecnologia está em voga ou ela para se tornar, colocando-o em uma curva em S, em escala de interesse. Jackie Fenn, vice-presidente do Gartner, diz que as empresas devem usar as previsões do Hype Cycle para identificar as tecnologias emergentes e tendências de negócios que vão aparecer no mercado. Esta, a fim de prosseguir de forma eficaz a sua “transformação digital”. Gartner direciona especialmente seu foco em três fases de transformação das empresas digitais:. Marketing online, comércio on-line e empoderamento

bens físicos se tornam digitais 

Entre as tecnologias de amanhã se reuniram no campo do marketing digital, identificada por Gartner incluimos os dados grandes, o in-memory e nuvem híbrida. Segundo a empresa, essas tecnologias ajudarão as empresas a encontrar formas mais sofisticadas para alcançar os consumidores, cuja influência esta cada vez mais envolvida no crescimento dos negócios. Na fase de consolidação do seu negócio digital, as empresas devem construir entre outros, de acordo com a Gartner, no campo da Internet das Coisas. A nota do Gabinete, a este respeito que os bens físicos tornam-se digital e emergentes, assim como participantes plenos da cadeia de valor das empresas.

Além disso, a análise do Gartner de que “a impressão 3D traz para o físico dados digitais faz aparecer oportunidades significativas para a mudança ao longo da cadeia de fornecimento e produção. “A etapa de capacitação está, por sua vez, definido pela capacidade da empresa para alavancar a tecnologia oferece recursos semelhantes aos seres humanos, ou mais capaz de imitá-los. Tecnologias emergentes que fazem parte desta tendência são, entre outros, os sistemas cognitivos artificiais que automatizam a escrita de textos. E os sistemas de processamento de linguagem natural baseada em Q, capazes de responder de forma independente para pedidos de clientes.

E no topo da curva Gartner Hype Cycle é sem surpresas esta a Internet das Coisas. www. ictjournal.ch

 

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s